Carregando
Alterar sua localização

Defina a loja mais próxima

destaques do atacadão

5 passos para calcular o preço de venda dos seus produtos


27/08/2018

Precificar de forma justa e lucrativa é um constante desafio para os transformadores. Isso, pois, ao contrário do que se pensa – e há ainda quem faça por aí – o preço não é algo simplesmente imitado da concorrência ou “chutado”. Para precificar sua mercadoria é preciso seguir conceitos e fazer alguns cálculos, como somar os custos diretos, os indiretos e aplicar a margem de lucro desejada. Caso contrário você estará cobrando um valor muito acima, afastando a clientela, ou muito abaixo, trazendo prejuízos para o negócio.

Para lhe auxiliar nesse processo, tão importante para a saúde financeira e sucesso do seu negócio, separamos algumas dicas para que você seja ainda mais assertivo na hora de definir seus preços. Vamos lá?!

 

Passo 1 – Margem de contribuição

A margem de contribuição nada mais é do que cálculo feito para saber quanto determinado prato ou lanche contribui para o lucro do seu estabelecimento. Para fazer o cálculo é muito simples, basta somar tudo o que ganhou com as vendas e subtrair os custos que teve para produzir e as despesas variáveis.

 

Passo 2 – Custos diretos
Quando pensar em custos diretos, deve levar em consideração custos referentes a embalagem, matéria-prima, componentes e mão-de-obra direta.

 

Passo 3 – Custos indiretos

Quando falamos de custos indiretos, estamos nos referindo a situações em que não existem quantidades exatas para os gastos com produtos ou quando é impossível mensurar esses gastos em função de cada unidade. Um bom exemplo é o gás de cozinha, utilizado para asar pães e bolos. Ainda que você saiba que houve aquele gasto e quanto ele representou para sua empresa, não é possível determinar com precisão o quanto de gás foi gasto com cada pão ou bolo asado. Em situações como essa a solução é usar o critério de rateio, ou seja, estabelecer uma proporção aproximada para, somente assim, calcular o custo de cada unidade do produto.

 

Passo 4 - Margem de lucro

Depois de definir os custos envolvendo os seus produtos, o próximo passo para calcular preço de venda é definir a margem de lucro. A margem de lucro é a porcentagem de ganho sobre a venda do item e deve ser calculada para cada mercadoria de forma individual. Na hora de calcular a margem de lucro leve em conta a quantidade de venda do produto (veja seu histórico) e a demanda de cada item.

 

Passo 5 - Calculando o preço de venda

Tendo todos os pontos anteriores definidos, chegou a hora de calcularmos o preço de venda. Para isso você deve somar os custos diretos e indiretos (para cada unidade) e aplicar a margem de lucro desejada (para cada unidade). Lembrando que com a margem de lucro deve ser pensado na percepção de valor para o cliente e a importância da mercadoria para o consumidor.

 

Não perca nenhuma dica do Atacadão

Curta e acompanhe nossas redes sociais!

 

www.facebook.com/Atacadaosa.Oficial


www.twitter.com/atacadao_sa

https://www.youtube.com/c/AtacadãoAutoserviço

 

 Maior atacadista brasileiro em número de lojas, o Atacadão está presente em todos os Estados e tem o menor preço comprovado do país, segundo apontou a décima segunda edição do 'Guia de Preços de Supermercados' da Proteste – levantamento realizado em 1.300 estabelecimentos varejistas e atacadistas de 22 cidades, 15 Estados, além do Distrito Federal. Atualmente, conta com 157 unidades de autosserviço, 23 centrais de atacado e uma unidade da bandeira Supeco, que garantem o abastecimento de comerciantes e consumidores finais.

Em 2017, pela quarta vez consecutiva, o Atacadão foi eleito pelo 'Prêmio Época Reclame Aqui' a empresa que melhor atendeu seus clientes, dentre todos os supermercados e atacados no Brasil.